Saudação aos seres em trânsito pelo Atrio

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Saudação aos seres em trânsito pelo Atrio

Mensagem  Uenzon Iukimura em Ter Set 13, 2011 7:07 pm

Saudações a todos, namastê !

Bom, provavelmente nós nunca nos vimos e talvez nunca viremos a nos conhecer. Não importa sua idade, raça, sistema de crenças, sexo, na verdade não interessa nem o seu passado e na verdade nem o quer que tenha planejado para o seu futuro, porque você está aqui agora, então vamos falar do seu presente.

Enquanto escrevemos esse texto, penso na quantidade de eventos necessários para me trazer neste ponto. Coisas que aprendemos, pessoas que conhecemos e obras que criamos, sejam elas boas ou ruins. Acho que o mesmo também vale para você. Nesse momento gostariamos que refletisse um pouco sobre isso também. Como a vida age ao mesmo tempo de forma tão simples e tão complexa, como gotas de água que se propagam no lago.

Somos dois completos estranhos, você e eu, mas estamos agora, mesmo que temporariamente, unidos por um único fato simples, estamos aqui. Você pode dizer que é o acaso na sua forma mais corriqueira, mas acho que se chegou talvez concorde comigo que o acaso é uma explicação vazia num momento como esse. Vamos então substituir acaso por uma explicação mais convidativa: Empatia.

Empatia, caso nunca tenha ouvido essa palavra é como os esotericos chamam a famosa lei de atração, que reza que atraimos ou somos atraídos para aquilo que queremos. Nesse momento eu e você estamos ligados por essa razão: Você precisa de respostas e acho que talvez tenhamos algumas das que precisa no momento. O que significa que provavelmente, só provavelmente, você esteja avançando em sua busca.

Parafraseando Confúcio, toda grande jornada precisa começar com pelo menos um passo, por menor que ele seja. Talvez essa busca tenha começado antes e ainda continua ou pode ser que ela tenha sido esquecida e que agora possa ser retomada. Pode não entender, mas ela pode ter começado nesse exato momento.

O espirito de busca, o desejo de encontrar aquilo que se deseja, é algo inerente a sua vontade e te move. As perguntas o movem a respostas que lhe levam a mais perguntas...cursiosidade , saber e conhecer, como um vaso que nunca fica cheio, porque o vazio e a inércia te consomem e a escuridão da ignorância te oprime. Você olha para os lados e não entende porque só você se pergunta: O que sou? Qual o meu papel no mundo ? Há mais coisas do que os meus sentidos podem detectar ? O que há dentro de mim ? Qual o segredo das coisas ? A força dessas perguntas que mais parecem paredes inescalavéis muito certamente devem ser a causa do seu tédio, tristeza ou inquietação. Se você acha que é uma pessoa fora da realidade ou maluca tenho boas e más notícias, a ruim é que essa sensação dificilmente vai embora, então é melhor que aprenda a transformar ou reverter isso em algo saudável, já a boa...bem, você não está sozinho. Se somos malucos, somos dois, ou melhor, somos muito mais do que dois e esse local foi concebido principalmente para que nós possamos nos reunir , nos encontrar.

Bem vindos andarilhos do mundo de Maya, este é o Centro de Estudos Sei Hiu ! Vou tentar ser seu anfitrião hoje.
avatar
Uenzon Iukimura
Admin

Mensagens : 13
Data de inscrição : 11/09/2011
Idade : 30
Localização : Rio de Janeiro - RJ

Ver perfil do usuário http://centroseihiu.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum